Gincana dos Talentos


Apresentação
A gincana dos talentos é baseada na Parábola dos Talentos contada por Jesus na Bíblia, em Mateus 25: 14 – 30.
Talento é tudo aquilo que Deus nos deu de bom e que devemos multiplicar: amizade, respeito, relacionamento com Deus, bondade, etc.
Sendo assim, a gincana dos talentos irá oportunizar às crianças e adolescentes a multiplicação de boas ações e de tudo de bom que Deus os deu. A multiplicação dessas ações será representada por um “papel moeda” que chamamos de “Talentos”.


Objetivos
  • Estimular a participação dos alunos desatentos;
  • Trabalhar questões problemáticas das classes (Ex: mal comportamento, indisciplina);
  • Ensinar os alunos a serem bons administradores, tanto do que Deus deu para eles de bom quanto o que remete às finanças;
  • Desenvolver competências como controle emocional nos dias mais difíceis, bons relacionamentos, amizade, respeito, obediência dentre outros;
  • Ensinar profissões e como lidar com sistemas informatizados;
  • Ensinar a informática de maneira descomplicada e divertida, mostrando aos menores a iniciação à informática.

Desenvolvimento
Inicia-se a gincana contando a Parábola dos Talentos. Depois será apresentada a proposta da “Gincana dos Talentos”. Todos os alunos serão avaliados de acordo com suas boas ou más ações. Se caso as ações forem boas, a multiplicação dos talentos será representada pelos “Talentos”, papel moeda feito personalizado que valerá de acordo com a pontuação determinada por cada educador. Se caso as ações forem más, o aluno não receberá nada e não multiplicará seus “Talentos”.
Para a pontuação poderá ser considerado:
  • Frequência
  • Comportamento
  • Relacionamento
  • Capricho
  • Participação
  • Obediência
  • Atos de bondade
  • Bom desempenho
  • Pontualidade
Para evitar problemas de perda dos “Talentos” ou até mesmo furto dos mesmos, haverá um banco, chamado “Banco dos Talentos”. Este banco deverá ter uma pessoa responsável pela organização do mesmo, como horário de funcionamento, fila, depósitos, etc.
Como todo banco, o Banco dos Talentos deverá ter um caixa rápido, em que os alunos, dentro do horário de funcionamento, depositarão seus Talentos em um envelope.

Segue abaixo as regras para utilização do caixa rápido:

O próximo passo é a utilização do caixa eletrônico. Outra maneira de se fazer o depósito é utilizando o Caixa Eletrônico, onde o aluno irá até o caixa, digitará sua senha e irá registrar quantos Talentos estará depositando, a data, tudo isso para controle do Banco e do “cliente”.


A organização do Banco é super importante para evitar tumultos. Os alunos irão esperar em fila indiana a sua vez e poderão ser agradados e/ou acalmados com um vídeo enquanto esperam sua vez de serem atendidos. É muito importante que o Banco se preocupe com o bem estar de seus “clientes”.

Outras atividades que podem ser trabalhadas nesta gincana são: a criação de slogan, propaganda pelos alunos, utilizando as aulas de informática; a escolha de algum destaque entre os alunos para ser o “estagiário” no Banco, que irá ajudar na organização da fila e demais necessidades. Neste caso, o estagiário receberá um crachá de identificação.

Este Banco dos Talentos, além de auxiliar para que a criança e o adolescente não percam seus Talentos, trabalha lições de cidadania, administração, dentre outros.
Culminância
A culminância do projeto se dará através da Feirinha, onde as crianças e os adolescentes poderão gastar seus “Talentos” comprando objetos como brinquedos, materiais de higiene pessoal, material escolar, doces, balas, etc.

Criação / elaboração
A idéia da Gincana dos Talentos foi retirada do site http://escoladominical.net/
A idéia do Banco dos Talentos é inédita e foi criada pelo Monitor de informática do Centro Estudantil Adenilson Teixeira.
O projeto foi sistematizado e complementado pela coordenação pedagógica do Centro Estudantil.






2 comentários:

Ebd Plenitudedafe disse...

Show. Parabéns.

Andréa disse...

Gostei, vou realizar lá na Igreja nesse px trimestre!
Obrigada!

Postar um comentário